iSurgical3D

Desenvolvimento e Comercialização de Dispositivos Médicos

Serviços / i3DExcavatum

O que é o Pectus Excavatum?

Pectus Excavatum é a deformidade torácica mais comum (1: 500), caracterizada por uma depressão do esterno na parede anterior do tórax. A deformidade acentua-se durante o início da puberdade até à idade adulta. Os pacientes geralmente são assintomáticos, mas podem referir sintomas cardiovasculares, escoliose tóraco-lombar ou, mais frequentemente, efeitos psicológicos. Nestas situações, a avaliação médica deve ser realizada a fim de ponderar as vantagens da correção cirúrgica (tratamentos não cirúrgicos de deformidades moderadas ou graves são ineficazes). Embora várias técnicas tenham sido propostas, após a descrição da correção cirúrgica minimamente invasiva, há mais de 10 anos, assiste-se a um aumento do número de pacientes que procuram a correcção pela operação de Nuss.

 

Como se faz o diagnóstico de Pectus excavatum e avalia a sua gravidade?

Antes de se estabelecer um plano de tratamento adequado de Pectus excavatum deve-se estratificar a gravidade da deformidade. O seu médico especialista (cirurgião pediatra ou torácico), realizará exames complementares para confirmar o diagnóstico e rastrear patologia associada. Para além disso, outros exames complementares de diagnóstico podem ser realizados, incluindo testes de função pulmonar, radiografia de tórax, eletrocardiograma (ECG) e ecocardiograma. Como a morfologia da deformidade varia muito entre os pacientes, é recomendável a realização de uma tomografia computadorizada (TAC) torácica pré-operatória, para documentação da morfologia, dimensões e gravidade da depressão (índice de Haller / índice de depressão) do tórax.

Correção pelo procedimento de Nuss

A Correção do Pectus Excavatum pode ser realizada em qualquer idade, mas geralmente é recomendado durante a puberdade. O procedimento de Nuss pode ser realizado através de uma cirurgia toracoscópica vídeo-assistida. Resumidamente, o procedimento consiste na inserção de uma barra de aço ou titânio curvada sob o esterno, que é usada para "empurrar" a depressão para diante. A barra é depois fixada nas costelas em ambos os lados. A barra não é visível do exterior e permanece no local por um período mínimo de dois anos. Decorrido este período, a barra é removida num procedimento ambulatório. A taxa de sucesso do procedimento é superior a 95%.

Qual é a inovação do sistema i3DExcavatum?

Através da utilização TAC torácica pré-operatória o sistema i3DExcavatum consegue determinar o melhor plano torácico para inserir a prótese,e mais importante consegue personalizar o tamanho e morfologia da prótese mais adequada a cada doente. A prótese personalizada pelo sistema i3DExcavatum apresenta uma curvatura suave e encaixa perfeitamente na deformidade do paciente, o que assegura uma distribuição uniforme das forças necessárias para elevar o esterno acima das costelas. Estas características permitem um menor desconforto do paciente no período pós-operatório imediato. O Sistema i3DExcavatum foi desenvolvido e patenteado pela iSurgical3D.

 

O Sistema i3DExcavatum:
  • Prevê o tamanho correto da barra;

  • Modela perfeitamente a barra de acordo com a morfologia do paciente (informação da TAC);

  • Garante um superfície suave da barra

Utilização de prótese personalizada:
  • Permite reduzir o tempo de cirurgia e hospitalização (menos dor pós cirurgia);

entrar

recuperar palavra-passe